Vem se informar, vem curtir. Mexe o mouse, fica à vontade! Seu lugar também é aqui! Informação, diversão, cultura num click. Produzido pelo CEDUC.
Chega Mais! domingo, 18 de abril de 2010

Pra descontrair um pouco, afinal, ser sempre sério não dá, né?! Postamos algumas das mentiras clássicas mais usadas, veja algumas:

Casal sem filhos – Visite-nos sempre. Adoramos suas crianças.
Advogado – Esse processo é rápido.
Ambulante – Qualquer coisa volta aqui que a gente troca.
Anfitrião – Já vai? Ainda é cedo!
Aniversariante – Presente? Pra mim? Não precisava…
Bêbado – Sei perfeitamente o que estou dizendo.
Chefe – Sua promoção já está a caminho.
Corretor de imóveis – Em 6 meses colocarão água, luz e telefone.
Delegado – Tomaremos providências.
Dentista – Não vai doer nada.
Desiludida – Não quero mais saber de homem!
Devedor – Amanhã, sem falta!
Encanador – É muita pressão que vem da rua.
Filha de 17 anos – Dormi na casa de uma colega.
Filho de 18 anos – Antes das 11 estarei de volta.
Gerente de banco – Trabalhamos com as taxas mais baratas do mercado.
Inimigo do morto – Era um bom sujeito.
Jogador de futebol – Vamos continuar trabalhando forte.
Ladrão – Isso aqui foi um homem que me deu.
Mecânico – É o carburador.
Muambeiro – Tem garantia de fábrica.
Namorada – Pra dizer a verdade, nem beijar eu sei…
Namorado – Você foi à única mulher que eu realmente amei.
Noivo – Casaremos o mais breve possível!
Pobre – Se eu fosse milionário dava dinheiro para todo mundo.
Recém-casado – Até que a morte nos separe.
Sapateiro – Depois alarga no pé.
Sogra – Em briga de marido e mulher não me meto.

E aí, sabe mais alguma? Conta pra gente!

4 comentários:

spectromgm disse...

HAHA muito legal...
Adorei o blog, o nome dele corresponde ao conteúdo, com certeza!

Jaqueline disse...

kkkkkkkkkkkkk

ahhhh...é verdade vai...
Eu acredito...

MR disse...

hahahaha muito bom... muito bom mesmo!

Luan Silva disse...

Gostei da do bêbado muito bom!! E a da namorada, sem comentários ..kkkk.. Muito bom, adorei seu blog. Abraços

Postar um comentário